De acordo com Edson Pinto, a CEBRASSE tem uma proposta alternativa que será incorporada pelo SinHoRes Osasco – Alphaville e Região, que visa desonerar impostos a sobre a folha de pagamento e evitar que empresas do SIMPLES NACIONAL sejam prejudicadas. Além de debaterem sobre iniciativas conjuntas para redução ou reversão dos aumentos recentes do ICMS sobre o setor de bares e restaurantes.

Os presidentes Edson e João também iniciaram tratativas para que o SinHoRes passe a ser membro da CEBRASSE no sentido de reforçar sua atuação nível estadual e federal.

A CEBRASSE é uma entidade civil, sem fins lucrativo e com associados que representam mais de 878 mil empresas mil empresas com mais de doze milhões de trabalhadores formais, que vem se consolidando na representatividade da prestação nacional de serviços – atividade produtiva que compõe 72% do PIB e responde pelo maior índice da empregabilidade no Brasil. A CEBRASSE atua nas ações pela consolidação do setor, atua constantemente pelo  seu desenvolvimento econômico, social e político, por meio de relacionamentos institucionais junto ao Poder Público, mercado e Mídia.

Na foto, da esquerda para a direita, o Vice-presidente de assuntos técnicos da CEBRASSE, Jorge Segeti, o presidente Nacional João Diniz, o presidente do SinHoRes Edson Pinto e o Executivo da CEBRASSE, Maurício Lazzeri.