Tato, visão, audição, olfato e paladar. Todos os cinco sentidos são devidamente usados também para a apreciação das delícias da gastronomia, e isso se deve ao simples fato de que um complementa o outro. A busca da criação do ambiente certo para o seu restaurante demonstra o seu cuidado para com os clientes.

Primeiramente, o ato de se alimentar deve representar um prazer. Portanto, o ambiente deve ser o mais agradável possível para que se possam usar os cinco sentidos. Uma mesa bem posta, um som ambiente agradável, uma iluminação indireta e discreta, talheres, louças, guardanapos e acessórios devem estar adequados.

Na cozinha, tudo deve funcionar como um relógio suíço: desde a preparação até o serviço, para que tudo aconteça no tempo certo.

A apresentação do prato precisa ter a quantidade certa de alimento e deve estar aquecido se for um prato quente, ou frio se for uma salada ou outra receita fria. A decoração no prato deve seguir uma lógica e traduzir o que está escrito no cardápio: sabores, aromas e texturas devem ser combinados de maneira equilibrada, com espaço para que o ingrediente principal se sobressaia sem ofuscar.

A alta gastronomia é assim chamada por se ater aos detalhes, utilizando a sofisticação da simplicidade. O cliente que perceber esses cuidados vai saboreá-los, tendo um momento inesquecível e sendo capaz de voltar e indicar seu restaurante a amigos.

Tenha em mente que é necessário seguir apenas cinco critérios para levar qualquer restaurante ao sucesso:

  • Usar de simplicidade;
  • Ter bom gosto;
  • Ter atenção aos detalhes;
  • Manter o ambiente asseado;
  • Lembrar de que menos é mais.

Na próxima vez em que se sentar à mesa para uma refeição, procure se lembrar de aproveitar ao máximo todas as sensações que estão sendo proporcionadas, para que tenha prazer no que está fazendo e não seja apenas o ato de matar a fome, que, aliás, é despertada por esse maravilhoso conjunto.

Fonte: Infood