“Uma nova guerra tarifária foi travada recentemente com a desculpa da crise econômica nacional e ainda existem administradores que acreditam que quanto maior sua ocupação melhor é o resultado e isto não é certo, nunca foi certo, aliás, não foi isto que fez os hotéis passarem da crise anterior do final do século XX.

Assim como na crise anterior os sobreviventes foram os hotéis com melhor qualidade e assim será a sobrevivência dos hotéis com relação a crise atual, e assim como a crise anterior os nichos mais afetados sempre são as grandes capitais, já outros nichos de turismo doméstico continuam com os mesmos resultados”.

Confira o artigo na íntegra no site da Revista Hotéis.