A resposta é simples! Porque o Brasil ainda não enxergou como “bom negócio” esse público. Existem aqueles que dirão que o país está trabalhando para acessibilidade, mas não estamos aqui falando de política pública, mas de  empreendimentos de turismo que apenas adaptam um ou dois apartamentos, o que é de Lei, e não estão preocupados em dar aos vários tipos de pessoa com deficiência a oportunidade real de integração e lazer.

As estatísticas mostram que quase 50% da população brasileira é portadora de algum tipo de deficiência, que em vinte anos a população de idosos (baixa mobilidade) será de mais de 60%. Esse público consome e quer qualidade de vida.

A COPRAC – Consultoria e Projetos faz um trabalho de adaptação de  atividades turísticas e em seus dois anos  no mercado pode perceber que poucos são os que conseguem ter visão de ser esse público um mercado atraente e carente de opções. Quem investiu está tendo retorno, quem não investe fica inclusive antipatizado e tenha certeza que muitos cadeirantes, vovôs e vovós hoje são “influencer”.

COPRAC – Consultoria e Projetos de Acessibilidade

A Coprac é parceira do SinHoRes Osasco – Alphaville e Região e tem condições especiais de contratação e consultoria para associados! Confira!