Estudo realizado pelo Centro de Liderança Pública (CLP), com base em dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) de 2019, indica que Osasco e Barueri estão entre as cinco melhores cidades brasileiras – de um universo de 405 municípios brasileiros com mais de 80 mil habitantes analisados – no pilar de inovação e dinamismo econômico no Ranking de Competitividade dos Municípios. Osasco ocupa a quinta colocação, atrás apenas de Barueri e três capitais de Estado: São Paulo, Florianópolis e Porto Alegre.

Para o presidente do SinHoRes Osasco – Alphaville e Região, Edson Pinto, ter a base sindical na região que mais cresce no Brasil é um privilégio. “São cidades que apresentam crescimento econômico e desenvolvimento urbano, e que integram importante roteiro de turismo de negócios”.

Segundo o levantamento, a cidade se destaca principalmente pela primeira colocação no indicador de crédito per capita e pelo desempenho em PIB (Produto Interno Bruto) per capita e empregos no setor criativo (5ª e 15ª colocação, respectivamente).

Conforme o estudo, Osasco tem em renda média do trabalho formal, complexidade econômica e recursos para pesquisa e desenvolvimento científico, as grandes oportunidades de priorização para aumentar seu desempenho no pilar (47ª, 60ª e 117ª colocação, respectivamente).

Esta edição do ranking analisa 405 municípios brasileiros (cerca de 59,45% da população brasileira, 124,94 milhões de habitantes), representando os municípios do país com população acima de 80 mil habitantes.

Esse ranking é composto por 55 indicadores, organizados em 12 pilares (entre os quais sustentabilidade fiscal, funcionamento da máquina pública, acesso à saúde, acesso à educação, segurança, saneamento e meio ambiente) e três dimensões (instituições, sociedade e economia).

Fundado em 2008, o CLP desenvolve líderes públicos empenhados em promover mudanças transformadoras por meio da eficácia da gestão e da melhoria da qualidade das políticas públicas.