Osasco ficou em terceiro lugar de todo o país no ranking de empreendedorismo. Esse é o resultado do estudo conduzido pela Endeavor em parceria com a Escola Nacional de Administração Pública (Enap), o ICE (Índice de Cidades Empreendedoras-2020) que foi divulgado em sua íntegra na quinta-feira, 28/1.

Para a elaboração do ranking, o estudo analisou as cem cidades mais populosas do Brasil em sete determinantes: ambiente regulatório, infraestrutura, mercado, acesso a capital, inovação, capital humano e cultura empreendedora.

Osasco é a terceira cidade no ranking principal, ficando atrás somente das capitais São Paulo e Florianópolis (SC). Depois de Vitória (ES) e Brasília (DF), aparecem as paulistas São José dos Campos, São Bernardo do Campo e Jundiaí, respectivamente nas 6ª, 7ª e 8ª posições.

Para o presidente do Sindicato Empresarial de Hotéis, Bares, Restaurantes e Similares, SinHoRes Osasco – Alphaville e Região, Edson Pinto, Osasco é uma boa opção para quem pretende abrir um negócio. “Para o setor de hotéis, bares e restaurantes, Osasco certamente é uma ótima cidade para empreender, pois além da cidade ser bem localizada e ter fácil acesso a Marginal Pinheiros e Rodovias, como por exemplo, Rodoanel, Castello Branco, Raposo Tavares e Anhanguera, a cidade tem o turismo de negócios muito pungente”, destacou.