O que é um Observatório

Um observatório é um instrumento de pesquisa e análise imprescindível e decisivo para a definição de políticas públicas de turismo em destinos turísticos, estratégias de capacitação e qualificação de mão obra, adequações nos modelos de gestão e operação de destinos e equipamentos turísticos (hotéis, restaurantes, bares, agências de viagens, etc.), bem como fornecer informações seguras para investidores e empreendedores.

Considera-se fundamental a produção sistemática e organizada de dados sobre a oferta e a demanda turística, que vai resultar em um melhor entendimento e diretrizes e ações de melhoria da Cadeia Produtiva do Turismo.

Abrangência

 Os oito municípios da base de representação sindical (Osasco, Barueri, Carapicuíba, Itapevi, Jandira, Cajamar, Pirapora do Bom Jesus e Santana de Parnaíba).
Esta base do sindicato abrange dois milhões de habitantes, que geram 2,5% do PIB Nacional. São 15 mil empresas representadas e 100 mil empregos gerados.

Objetivos

  • Fazer levantamentos sistemáticos de dados e informações oriundas dos segmentos turísticos e munícipios de abrangência do SinHoRes Osasco – Alphaville e Região;
  • Subsidiar ações de qualificação profissional a partir destes indicadores a serem oferecidos pelo Sindicato, parceiros, patrocinadores, entidades de classe, empresas de consultoria, etc.
  • Subsidiar ações dos governos municipais no que tange ao turismo a partir destes dados e informações;
  • Subsidiar investidores, empresários e gestores dos equipamentos turísticos a partir destes indicadores.

Metodologia de Pesquisa

  • Será feito um levantamento quantitativo e segmentação dos hotéis, restaurantes, bares e similares, bem como órgãos de turismo municipais;
  • Serão definidas com base nestes levantamentos anteriores amostragens para levantamentos periódicos dos dados e informações;
  • Serão definidas periodicidades e agendas para levantamento dos indicadores;
  • Serão definidas por quem e como serão feitos estes levantamentos;
  • Serão definidos instrumentos de pesquisa para levantamento dos indicadores e feitos testes para validação destes formulários de pesquisa;
  • Serão definidas as formas e frequências de divulgação dos dados;
  • Formas de tabulação, análise e divulgação dos dados.

Indicadores a serem levantados

  • Ocupação média hoteleira;
  • Diária média hoteleira;
  • Gasto médio hoteleiro;
  • Permanência média;
  • Origem dos hóspedes;
  • Custos Operacionais Médios Hoteleiros (segmentados);
  • Número de turistas (hospedados) nas cidades;
  • Forma de chegar aos hotéis e restaurantes e similares (logística);
  • Como tomaram conhecimento dos equipamentos turísticos utilizados;
  • Número médio de clientes atendidos nos restaurantes e similares;
  • Ticket médio;
  • Custos Operacionais médios em restaurantes e similares (segmentados);
  • Índices de satisfação por equipamento turístico
  • Formatação de um calendário de eventos;

Periodicidade

A periodicidade das pesquisas para levantamento de dados e informações será definida de acordo com o fluxo turístico a região podendo ser mensal (preferencialmente), trimestral ou semestral ou logo após eventos geradores de demanda às cidades e equipamentos turísticos.
Empresários e/ou gestores serão informados com antecedência para que preparem as informações em relação à ida presencial dos acadêmicos, contratados ou técnicos que farão o levantamento dos indicadores.
Pesquisas pontuais poderão ser feitas via e-mail ou telefone – reitera-se que estas pesquisas serão eventuais – dados “conjugados” ou pesquisas qualitativas serão feitas in loco.

Divulgação dos resultados

Os resultados dos levantamentos serão periodicamente divulgados no site do SinHoRes Osasco – Alphaville e Região, enviados por e-mail e discutidos em fóruns, reuniões, etc., que serão agendadas com frequência para discutir-se os indicadores levantados, sua evolução e estratégias corretivas ou de manutenção de performance.

Parcerias
Para o alcance dos objetivos serão necessárias parcerias, integração e trabalho sistemático de órgãos e empresas tais como:

  • SinHoRes – Osasco – Alphaville e Região– Coordenação Geral, Custeio e Divulgação.
  • Consultor Eduardo Faraco– Coordenação Técnica
  • Parceria com Instituição(ões) de Ensino Superior– Turismo, Hotelaria, Administração de Empresas, etc., para levantamento, tabulação e análise dos dados;
  • Empresa de Comunicação– Elaboração de material e divulgação dos indicadores;
  • Patrocinadores – Empresas interessadas em vincular sua marca a essa importante iniciativa.

Observatórios de Referência 

Eduardo Faraco

COORDENADOR DO OBSERVATÓRIO SINHORES DE GASTRONOMIA – HOSPITALIDADE & TURISMO

Consultor Empresarial SinHoRes – Osasco – Alphaville e Região