Documento sobre a sustentabilidade nos meios de hospedagem, desenvolvido pela Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT), servirá como base para um novo protocolo da entidade mundial responsável pela padronização de produtos e serviços, a ISO (sigla em inglês de International Organization for Srandartization). O documento brasileiro intitulado “Meios de hospedagem — Sistema de gestão da sustentabilidade — Requisitos” irá embasar o que já está sendo chamado de ISO/CD 21401, com previsão de publicação para o segundo semestre de 2018.

A decisão foi anunciada no ano dedicado ao Turismo Sustentável pela Organização das Nações Unidas (ONU). A norma foi criada pela Associação Brasileira de Normas Técnicas, em parceria com o Comitê Brasileiro de Turismo, do qual o Ministério do Turismo faz parte. A regra aponta requisitos relativos à sustentabilidade de meios de hospedagem, estabelecendo critérios mínimos específicos de desempenho em relação ao tema e permitindo que um meio de hospedagem formule objetivos que levem em conta os requisitos legais e informações referentes aos impactos ambientais, socioculturais e econômicos.

A regra busca fortalecer o setor, uma vez que os turistas estão mais exigentes-, e os destinos turísticos cada vez mais competitivos. A adoção da norma possibilita a redução de custos operacionais e de impactos socioambientais; contribui para a conservação e a recuperação da biodiversidade; promove a justiça social e a valorização da cultura local; estimula a participação e a transparência nos processos de decisão e representação comunitária; e proporciona destaque no mercado com a certificação do empreendimento.

TURISMO E SUSTENTABILIDADE – A sustentabilidade no turismo é defendida de forma ampla e deve garantir não só a preservação de recursos naturais, como também a defesa da cultura e integridade de comunidades visitadas. Além da norma da ABNT, o Brasil conta com as políticas de incentivo do Ministério do Turismo para promover o tema nos destinos. Em 2016, o MTur lançou o Guia Turismo e Sustentabilidade, que aborda conhecimentos e práticas de sustentabilidade em empreendimentos, gerando retorno positivo nos aspectos econômicos, sociais e ambientais.

Ministério do Turismo com alterações de assessoria de imprensa