O governo do Estado de São Paulo anunciou na tarde desta quarta-feira, 03, regras mais restritivas de isolamento social, e determinou que todo o Estado de São Paulo fique na Fase Vermelha do Plano São Paulo. A medida se deve à piora substancial do quadro de infecções e mortes pelo novo coronavírus no Estado. De acordo com o Centro de Contingência da Covid-19, São Paulo prevê colapso na oferta de leitos de UTI em duas semanas, caso não haja restrições.

O toque de restrição também sofreu alteração. A regra determina restrição de circulação em todo o Estado no período noturno, das 20 h às 5h – antes era a partir das 23h.

*Bares, Restaurantes e Similares não poderão funcionar com atendimento local, apenas sistema Delivery, Take Away e drive thru estão permitidos. Eventos ficam proibidos também. Nesta fase apenas serviços essências podem abrir como hotéis, mercados, farmácias, postos de combustível.

A medida deve valer do próximo sábado, dia 6, a partir da meia noite, e deverá durar por duas semanas, a depender da evolução da curva de infecções e internações devido a covid-19.

A Aliança permanente das Entidades Empresariais da região, emitirá um Manifesto sobre a reclassificação em breve.

O Sinhores Osasco – Alphaville e Região alerta: mantenham o controle dos estoques baixos, tanto para secos, como molhados; evitem investimentos, reformas ou compras de equipamentos; não façam contratações; especial atenção nas contratações de eventos e confraternizações.

O Departamento Jurídico do SinHoRes emitiu Orientação Jurídica, faça o download aqui