Com o lockdown horizontal imposto pelo governo, é notório que o impacto na economia será avassalador, com o consequente fechamento de muitas empresas. Diante deste cenário inédito na nossa história, muitas empresas estão buscando meios de recuperação de crédito para que possam formar capital de giro em curto prazo.

O SinHoRes Osasco – Alphaville e Região, preocupado com seus associados, apresenta algumas ferramentas que podem ser úteis neste momento, possibilitando a recuperação de créditos de forma administrativa e rápida, indispensável à sobrevivência do pequeno e médio empresário.

• Para o segmento de bares, restaurantes e hotéis, optantes do Simples Nacional, realizamos compliance administrativo, com auditoria dos SPED’s dos últimos 5 (cinco) anos, cujos créditos apurados serão depositados pelo Fisco em conta corrente do empresário num prazo aproximado de 4 (quatro) meses;

Considerando, que grande parte destes segmentos encontra-se “fechados”, por conta do Decreto Estadual nº 64.881/2202, os créditos apurados, de rápido retorno, serão fundamentais para a manutenção da atividade empresarial;

Para a realização desta auditoria deverá ser disponibilizado os seguintes documentos (últimos 5 anos):
1) XML de saída, ou arquivo SAT ou Arquivo portaria CART 52 (cupom fiscal); e
2) declaração de apuração do simples nacional do mesmo período.

• As empresas que atuam em atividades industriais ou prestação de serviços, que adotam o regime do Lucro Real, podem se beneficiar de créditos referentes aos insumos, que teve sua interpretação estendida pela Secretaria da Receita Federal através do Parecer Normativo Cosit nº 05/2018, com as repercussões do Resp 1.221.170/PR no Superior Tribunal de Justiça, cujos créditos apurados podem ser compensados administrativamente mês a mês.

Para a realização desta auditoria deverão ser disponibilizados os seguintes documentos (últimos 5 anos):
1) Sped Fiscal
2) Sped Contribuição