Pizzarias, lanchonetes, pastelarias e muito mais… Não importa qual o segmento, um dos primeiros passos na hora de montar seu restaurante é definir qual será o cardápio. Para poupar seu tempo, reunimos uma série de dicas sobre como montar um bom cardápio para Delivery. Olha só!

1 – Menos é mais

Na hora de fazer um cardápio, pense na quantidade de produtos que vai oferecer. Afinal, isso vai refletir diretamente na gestão do seu estoque. Sem contar que quantos mais pratos, será preciso otimizar melhor ainda sua cozinha conforme pedidos diferentes forem chegando. Também será preciso considerar um maior espaço de armazenamento para todos os insumos.

Além disso, um cardápio de restaurante simples ajuda na hora da escolha do cliente. Já pensou, seu cliente optar por outro restaurante porque não consegue se decidir entre as milhares de opções?

2 – Tempo de preparação

Você quer fugir de reclamações do tempo de entrega do delivery, por isso é essencial planejar em quanto tempo o seu prato vai chegar ao cliente.

Opte por pratos com montagem mais simples e que não exijam muito tempo de cozimento, por exemplo. Mesmo assim, se tiver um prato que exija mais tempo veja o que é possível adiantar sem comprometer a qualidade!

3 – Cardápio moderno: lembre-se das exceções!

Além das pessoas com alergias ao glúten e à lactose, cada vez mais cresce o número de vegetarianos e veganos, portanto é muito bacana pensar em opções ou versões dos seus pratos sem carne ou alimentos de origem animal, como forma de atingir esses públicos também!

4 – Crie desejo!

Com o cardápio definido é hora de divulgar, e aqui está o grande segredo para vender seu peixe: a descrição! Muitos restaurantes se limitam a contar apenas os ingredientes do prato, mas a dica é que você adicione descrições que deem água na boca! Pra não ficar a dúvida de que funciona, olha só:

Opção 1:

Hambúrguer da Casa – Pão, um hambúrguer, alface, tomate, cebola roxa, molho especial

Opção 2:

Hambúrguer da Casa – Pão de leite macio, delicioso hambúrguer bovino de 180g grelhado no fogo, alface e tomate frescos, finas fatias de cebola roxa e molho especial da casa com ervas.

A segunda opção é disparadamente melhor, certo? Então anote alguns pontos:

Use a característica de cada ingrediente como fresco, macio;

Fale do modo de preparo: grelhado, assado, etc;

Utilize informações para encantar como “molho especial” ou a origem do alimento como “ervas importadas”;

Brinque com a imaginação do seu cliente e crie curiosidade!

5 – Como criar um cardápio para delivery restaurante?

Por fim, separamos várias dicas práticas para você lembrar na hora de organizar o cardápio para o seu delivery, confira:

Preço

É um erro não apresentar o valor dos seus pratos, afinal é um dos principais ponto na decisão do seu consumidor. Nossa dica é colocar sempre da opção mais barata para a opção mais cara.

Imagens

Além de boas descrições, investir em boas fotos no cardápio para Delivery garante que seu cliente vai ficar com mais vontade ainda de experimentar aquele prato.

Categorias

O cardápio para delivery precisa fazer sentido e ser fácil de ler. Um jeito de garantir essa simplicidade é separar as comidas por categorias e na sequência certa como: entradas, saladas, pratos frios, pratos quentes, combos, sobremesas e bebidas.

Assim, caso seu cliente queira só o combo de pastel doce e salgado, fica mais prático para ele só pular para o final e escolher a bebida, por exemplo.

Turnos

Seu restaurante abre no almoço e jantar? Então, verifique quais são os melhores pratos para cada momento.

Na hora do almoço é legal pensar em comidas mais práticas, rápidas e talvez até mais baratas.

Aplique essas dicas no seu cardápio e boas vendas!

FONTE – Vitto Blog