A Câmara de Osasco avalia projeto de lei que visa que restaurantes, bares, lanchonetes, barracas, ambulantes e similares sejam obrigados a fornecer apenas canudos de papel biodegradável ou reciclável, embalados individualmente com material semelhante.

Para virar lei, o PL, apresentado pelo vereador Pelé da Cândida, precisa ser aprovado pelos vereadores e sancionado pelo prefeito. A proposta estabelece ainda o prazo de 24 meses, após possível sanção do prefeito, para a nova regra entrar em vigor.

Você é a favor ou contra essa medida? Vote na enquete em nosso Facebook!