Nessa sexta-feira, 16/4, o governo de São Paulo anunciou que o estado terá, a partir desse domingo, 18/4, uma fase de transição do Plano São Paulo, com regras da Fase Vermelha e da Fase Laranja. De acordo com o anúncio, os restaurantes devem ficar fechados por mais uma semana, podendo abrir apenas a partir de 24/4, das 11h às 19h.

De acordo com o presidente do SinHoRes Osasco – Alphaville e Região, Edson Pinto, o setor está revoltado com a falta de sensibilidade do governo. “Somos os maiores geradores de emprego do estado, mas não estamos recebendo a devida atenção do governo! São inúmeros restaurantes que declaram falência diariamente e milhares de empregos perdidos. Mais uma semana fechados significa uma perda imensurável para o nosso setor, que vem sendo prejudicado incessantemente desde o início da pandemia”, afirmou.

O sindicato patronal se reunirá ainda hoje, às 15h, com o prefeito de Osasco, Rogério Lins, para conversas sobre a abertura dos estabelecimentos. “Contamos com a sensibilidade dos prefeitos para promover a abertura de restaurantes e similares por quatro horas, no período do almoço, até o dia 24/4”, afirmou.