Muita gente acha que ter um negócio na área de gastronomia é fácil. Mas não é. Apesar de o brasileiro gastar cada vez mais com alimentação fora do lar, e esse setor ter crescido, os desafios são enormes, e os erros cometidos pelos empreendedores na gastronomia são muitos.

Os números da Pesquisa de Orçamentos Familiares (POF) 2017/2018 do IBGE mostram que, do total de despesas das famílias com alimentos, 32,8% dos gastos são feitos fora de casa.

E quais os ensinamentos que os grandes empreendedores de restaurantes podem dar, a partir de suas próprias experiências?

A INFOOD destaca os principais erros cometidos pelos empreeendedores na gastronomia apontados por grandes nomes do setor. Valem como dicas para ter sucesso em seu negócio.

1) Não estudar o mercado antes

“O empreendedor precisa, antes de tudo, estudar o mercado, planejar a área financeira, administrativa, do marketing, para depois dar grandes passos. A ideia de que ‘todo mundo come fora de casa’ e de que ‘comida dá dinheiro’ não se estabelece se não tiver planejamento do produto, ambiente e serviço.”  LEONARDO LAMARTINE– Grupo Bonaparte

2) Não entender de gestão

“A gestão é fundamental. Acredito hoje em dia que a gestão é 70% do sucesso de um restaurante. Os custos estão aí, o mercado está degringolando, e não sei como vai ficar a situação. Pelo andar da carruagem, pelo que eu ouço falar, no mercado, tem muita gente que está quebrando.” LAURENT SUAUDEAU

3) Não ter qualidade

“Se você não tem qualidade, seu negócio morre. É preciso ter em mente o quanto você entrega por aquilo que você está cobrando. E também é preciso ter muita paixão, porque é um negócio que se não puser paixão, é difícil dar certo. Também é preciso ter muita técnica, muita observação.” JUSCELINO PEREIRA – PiselliTimo e El Carbón

4) Não contratar corretamente

“Contrate gente que esteja disposta a crescer com você. A experiência anterior é o que menos conta no momento da contratação. E tenha paciência com os resultados. Se o restaurante não está dando lucro, estude onde está o gargalo.” JUNIOR DURSKI – Madero

5) Não ter comprometimento nem envolvimento

“Esse é um ramo que é muito desgastante. Você tem que ter muita determinação e muito envolvimento. No momento em que as pessoas saem para ter um momento especial, é quando trabalhamos ainda mais. Porém, às 6 horas da manhã a equipe já está dentro do restaurante para receber a matéria prima, para transformá-la, e depois para servir. É fundamental  ter um comprometimento e uma dedicação full time.”  MARCELO FERNANDES – Grupo  Gastronomia MF

6) Não ter controle dos custos e não se dedicar 100%

“É preciso ter um controle muito bom. Tem que ter uma grande atenção aos custos. É preciso saber comprar bem e vender com a margem certa Acredito que todos os donos de restaurante devem se dedicar 100%. Estar por dentro de tudo o que acontece é o segredo do sucesso.” RODOLFO DE SANTIS – Nino Cucina

7) Não ter capital de giro

Você precisa ter dinheiro. Quem não tem o capital de giro quebra a cara. É preciso ter uma retaguarda até alcançar seu equilíbrio financeiro. Muitos negócios não dão certo porque as pessoas se iludem.” FÁBIO EDUARDO DA SILVEIRA – Aguzzo

Fonte: Infood